Sociedade Brasileira de Radiologia Intervencionista e Cirurgia Endovascular

ultrassom focado de alta intensidade (hifu)


 
 

O que é HIFU?

Ultrassom focalizado (feixes de ultrassom incidem em um único ponto) de alta intensidade (HIFU) é uma terapia não invasiva que utiliza as ondas de ultrassom focado para extirpar termicamente uma parte do tecido, ou seja, o tecido é destruído usando calor intenso.
O calor intenso faz com que o tecido sofra um processo de necrose (morte), devido ao choque de calor nas células, o que significa que a parte do tecido que será extirpada seja destruída.
 

Como o processo funciona?

Ultrassom de alta potência pode ser focado sobre um ponto alvo para aumentar a temperatura para 70-80 °C.
HIFU usa ultrassons (energia sonora) para criar esse calor. Cada insonação aquece somente um alvo focal pequeno, de modo que o radiologista intervencionista utilizará múltiplas insonações para tratar toda a área afetada. Pode ser usada ultrassonografia de diagnóstico para guiar o ultrassom focalizado (USgFUS ou USgHIFU) ou orientado por ressonância magnética com ultrassom focalizado (RMgFUS).
 

Por que fazer isso?

Você pode ser aconselhado a ter o procedimento para tratar miomas uterinos ou para aliviar a dor de câncer ósseo. HIFU também pode ser utilizado para tratar o câncer da próstata, tanto como um tratamento primário como após a radioterapia.
As investigações iniciais usando HIFU para tratar tumores de fígado, mama e do cérebro tiveram resultados promissores.
Resultados positivos com a cirurgia transcraniana guiada por RMgFUS como um tratamento não invasivo de tremores essenciais, dor neuropática e doença de Parkinson foram relatados na literatura. Houve também algumas investigações sobre a utilização de HIFU para abrir temporariamente a barreira hematoencefálica, o que permite a absorção de fármacos no cérebro.
Um sistema baseado em cateter minimamente invasivo concebido para retirar tecido do coração responsável pela fibrilação atrial foi aprovado para utilização na Europa e está submetido a um teste aprovado pela FDA nos Estados Unidos.
 

Quais são os riscos?

Os riscos deste procedimento estão relacionados à insonação de região não alvo (quando o tecido circundante da área a ser tratada é afetado pelas ondas de ultrassom). Outro risco possível é a destruição incompleta da lesão devido ao aquecimento inadequado.
HIFU não é adequado para utilização em algumas áreas do corpo, já que ondas de ultrassom têm um efeito negativo sobre alguns materiais, embora o seu intervencionista possa evitar esses efeitos, ao fazer o procedimento guiado por ressonância magnética.

Condições clínicas relacionadas

MIOMA UTERINO

Sistema: Genito-urinário

FRATURA VERTEBRAL

Sistema: Músculo-Esquelético

CÂNCER RENAL

Sistema: Genito-urinário